Pronampe MEI 2022: Empréstimo já está liberado?

0

O Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) está disponibilizando empréstimos para pequenos empresários a partir desta segunda-feira (25).

De acordo com a Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, microempreendedores podem fazer empréstimos até 31 de dezembro de 2024. 

Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.
Parabéns! Você está inscrito. Enviamos um e-mail para você com a confirmação.

Receba todas as Notícias em primeira mão!


O programa foi lançado em maio de 2020 (durante a pandemia de Covid-19) para ajudar pequenos empresários e se tornou permanente em junho deste ano. ano.

Houve algumas mudanças recentemente, incluindo MEIs (Microempreendedores Individuais) e PMEs. 

No final de maio, o presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou o PL (Projeto de Lei) para alterar algumas regras do programa. Confira as novas regras publicadas pelo Ministério da Fazenda Federal.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O que é Pronampe? 

O Pronampe é um programa que ajuda os pequenos empresários a obter empréstimos junto aos bancos.

Este empréstimo tem taxas de juros mais baixas e prazos mais longos para começar a fazer os pagamentos. 

Foi criado para ajudar os empresários a lidar com a crise econômica decorrente da pandemia do coronavírus e foi amplamente divulgado pela Caixa Econômica. 

Como solicitar um empréstimo pelo Pronampe?

Para solicitar o empréstimo, você deve acessar o site da Receita Federal, selecionar o portal e-CAC e clicar em Autorizar Compartilhamento de Dados.

O empresário deve então repassar os dados de faturamento de sua empresa para a instituição financeira de sua escolha.

Uma vez transmitidos os dados, o empresário pode solicitar o empréstimo junto do banco. Caso o banco desejado não esteja na lista de possíveis destinatários, é necessário entrar em contato com a agência bancária e verificar a previsão de adesão ao sistema.

O que vai mudar com as novas regras? 

  • Integrantes do MEI já podem participar do programa; 
  • Podem participar empresas com faturamento bruto anual de até R$ 300 milhões (anteriormente, somente empresas com faturamento bruto anual de até R$ 4,8 milhões podiam se candidatar ao empréstimo); 
  • Empréstimos garantidos pelo FGO (Fundo de Garantia de Operações) até o final de 2024 (anteriormente apenas até o final de 2021); 
  • As empresas abrangidas pelo programa têm o direito de demitir funcionários (o que antes não era permitido); 
  • Os agentes financeiros do Pronampe não são mais obrigados a fornecer certidões de regularidade fiscal, FGTS, Rais e outras que possam restringir a aplicação do Peac-FGI (Programa Emergencial de Acesso ao Crédito na Modalidade Garantia) e do PEC (Programa de Estímulo ao Crédito).
  • Em 2020, foram concedidos mais de R$ 37,5 bilhões em empréstimos destinados a cerca de 517 empreendedores. Em 2021, o valor chegou a R$ 24,9 bilhões para cerca de 334 mil empresas. Este ano, o governo estima que até 2024 serão R$ 50 bilhões para pequenas empresas.

Quais são as taxas de juros do Pronampe? 

A taxa máxima de juros anual é igual à taxa Selic (atualmente 13,25% ao ano). O valor pode ser parcelado em até 48 parcelas, com prazo máximo de pagamento de 11 meses e 37 meses. 

O valor pode ser usado para investimentos em seu negócio (por exemplo, compra de equipamentos ou reformas) e despesas operacionais (por exemplo, pagamento de funcionários ou compra de mercadorias). Os valores não podem ser utilizados para distribuições de lucros e dividendos entre acionistas da empresa.

Veja também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Ok Ler mais