URGENTE! Governador de Minas denuncia roubo do PT na Folha de Pagamento dos Servidores

Peça Já o Seu

O governador reeleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Partido Novo) foi a Brasília hoje (4) e deu uma entrevista onde ele denuncia um roubo do PT de mais de 270 Mil funcionários públicos.

Zema diz que, na ocasião, o PT descontou do salário dos servidores públicos o valor das parcelas de empréstimos consignados mas não repassou aos bancos, o que deixou o nome de todos no SPC/Serasa com a dívida.

Peça Já o Seu
Romeu Zema visita Bolsonaro em Brasília e declara apoio ao presidente (Foto: Site O Tempo)

“Nós já pagamos 30 bilhões de dívidas que herdamos em Minas Gerais (da gestão do PT). Nós tivemos em Minas prefeitos que adoeceram e se suicidaram. Um governo que descontou da folha de pagamento de 270 mil funcionários públicos o empréstimo consignado e não pagou aos bancos, deixando o nome de 270 mil funcionários públicos ir para o SPC e Serasa, diz tudo o que é capaz de fazer! A falta de consideração”

Zema – Partido Novo em Brasília

Romeu Zema foi reeleito com 56,18% dos votos em Minas Gerais para o cargo de Governador do Estado, obtendo quase o dobro de votos do seu adversário.

“Eu acredito muito mais na proposta do presidente Bolsonaro do que na proposta do adversário. Até por que foi uma gestão desastrosa que arruinou o Estado de Minas. Eu e minha equipe sabemos muito bem!”

Peça Já o Seu
Zema – Partido Novo em Brasília

O Governador de Minas foi à Brasília nesta manhã para declarar apoio direto à reeleição do presidente Jair Messias Bolsonaro.

Veja a declaração de Zema na íntegra

View this post on Instagram

A post shared by Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro)

Peça Já o Seu

Leia também:

Formado em Ciência da Computação pela Universidade Augusto Motta no Rio de Janeiro, programador e músico nas horas vagas. Gosto de inovação, tecnologia, informação e tudo sobre internet. Escrevo para outros portais como viverdetrade.com e futebolplay.net.br