Auxílio Taxistas: Cadastro já começa a ser feito pelas Prefeituras

0

O novo prazo para os municípios cadastrarem os taxistas que poderão receber o auxílio emergencial do taxista, o Bem-Taxista, começou ontem (5) e vai até 15 de agosto.

Será pago como auxílio até dezembro próximo para compensar o aumento dos preços dos combustíveis e derivados. 

Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.
Parabéns! Você está inscrito. Enviamos um e-mail para você com a confirmação.

Receba todas as Notícias em primeira mão!


O Auxílio Taxista será pago em seis parcelas de R$ 1.000 a partir de 16 de agosto, dependendo do número de taxistas habilitados e do limite global disponível para pagar o auxílio, informou hoje o Ministério do Trabalho no Brasil. 

Leia também:

Têm direito ao Auxílio Taxista os motoristas cadastrados nas prefeituras, portadores de concessões ou alvarás emitidos até 31 de maio.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

De acordo com o ministério, a prestação de informações passa a ser uma questão completa do município (ou do governo do distrito federal, no caso da capital federal) sem que os taxistas precisem fazer nada. Em caso de dúvida, o motorista deve entrar em contato com a prefeitura para verificar o registro municipal.

Pagamento do Auxílio Taxista

É importante esclarecer que o mero cadastro de taxistas não garante o pagamento do desconto de taxista.

Os dados enviados pelos órgãos municipais e distritais serão analisados ​​pela Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informação da Previdência Social) para identificar os profissionais adequados, anunciou o ministério. 

As duas primeiras parcelas – referentes a julho e agosto – serão pagas no dia 16 de agosto. No dia 30, haverá atendimento aos taxistas de cidades cujas prefeituras não cumpram o primeiro prazo para enviar os dados dos trabalhadores ao governo.

O motorista cujo CPF (Cadastro de Pessoa Física) está em regularização junto ao fisco federal não fará o que pode receber. Além disso, o benefício não pode ser cumulativo com a tarifa fixa para caminhoneiros. Para mais informações, acesse o aplicativo Caixa Tem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Ok Ler mais