Auxilio de R$500 para estudantes pode ser liberado

0

A Prefeitura de Belém informou nesta segunda-feira (4) que mais de 14 mil alunos da rede pública de ensino da cidade podem se matricular no Bora pra Escola.

O programa, lançado no final de 2021, oferece apoio financeiro de até R$500.

Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.
Parabéns! Você está inscrito. Enviamos um e-mail para você com a confirmação.

Receba todas as Notícias em primeira mão!


O programa visa garantir a permanência dos alunos nas escolas após a pandemia de Covid-19, direito garantido pelos responsáveis ​​legais de crianças e jovens de se matricularem.

Veja também:

Mais lidas do site

Preço do Gás de Cozinha Surpreender em Novembro

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Os alunos normais devem receber Auxilio de R$150 enquanto estudantes órfãos em decorrência da Covid-19 receberão R$300,00, enquanto os alunos do ensino médio da Escola Bosque deverão receber R$ 500,00. ).

Segundo a Prefeitura, apenas 52.793 de um total de 69.103 alunos estão inscritos na conquista. Com um investimento de R$ 10 milhões para a bolsa estudantil, R$ 7,5 milhões já foram pagos pelo município de Belém, representando 79% do total de alunos matriculados na rede municipal.

Matrícula para receber o Auxilio

A matrícula dos alunos deve ser feita pelo responsável legal através do site Bora pra Escola ou pessoalmente na secretaria da escola onde o aluno está matriculado.

O auxílio está em parcela única pelo App Caixa Tem pago pela Caixa Econômica Federal. Para quem tem mais de um filho matriculado na rede comunitária, é necessário inscrever cada um individualmente. A liberação do pagamento ocorre de acordo com a data de registro do lote.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Ok Ler mais