AUXÍLIO BRASIL será suspenso após as ELEIÇÕES de 2022? Saiba como fica o projeto

0

O desenrolar das campanhas políticas está provocando temores entre os brasileiros de que o Auxílio Brasil possa ser suspenso após as eleições de 2022.

A eleição acontecerá em dois turnos agendados para os dias 2 e 29 de outubro. Até então, o governo federal concluiu os pagamentos de R$ 600 para os meses de setembro e outubro. 

Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.
Parabéns! Você está inscrito. Enviamos um e-mail para você com a confirmação.

Receba todas as Notícias em primeira mão!


A possibilidade de suspensão do Auxílio Brasil também está ligada a uma fake news que circula na internet. A notícia inclui uma possível decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No entanto, a informação não terá continuidade porque as leis eleitorais não permitem esta medida. 

As fake news começaram após a publicação de um post em redes sociais como Twitter e WhatsApp. A notícia dizia que o TSE preparava um golpe contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. Ver:

Aviso! O TSE cancelou os pagamentos de Auxílio Brasil e Vale-gás durante as eleições deste ano. Uma tentativa de diminuir a confiança dos brasileiros no presidente Jair Bolsonaro. Eles não querem que você saiba. Compartilhe agora!, diz no post. 

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Nesse sentido, é importante esclarecer que, de acordo com o regulamento eleitoral, o Governo Federal não pode providenciar novas transferências de renda em anos eleitorais. Seria assim se o Planalto 2022 tivesse iniciado o Auxílio Brasil, mas isso não aconteceu. O programa está em funcionamento desde novembro de 2021.

Portanto, não há o que temer porque o Auxílio Brasil, permanente a partir de agora, está garantido. Ao contrário, enquanto as notícias falsas circulam, a Secretaria de Cidadania trabalha para aumentar o número de beneficiários do esquema, que hoje atende 20,65 milhões de famílias.

O que há de novo no Auxílio Brasil antes das eleições 

O governo federal está em uma verdadeira corrida contra o tempo para expandir o Auxílio Brasil de todas as formas possíveis às vésperas das eleições de 2022. 

O texto, aprovado em julho, prevê o pagamento da parcela de R$ 600 em cinco meses até dezembro de 2022. 

A PEC de Benefícios foi uma verdadeira estratégia política considerando o fato de que a legislação impede a concessão e promoção de programas sociais e benefícios em ano eleitoral. Para burlar essa regra, os parlamentares encontraram uma brecha que resultou em um decreto estadual de calamidade pública.

E isso não é tudo. Em setembro daquele ano, o Ministério da Cidadania, órgão responsável pelo Auxílio Brasil, elegeu 450 mil famílias para o programa e ampliou a folha de pagamento para 20,65 milhões de beneficiários. 

Leia também:

Agora, o governo Bolsonaro reviveu uma promessa feita em dezembro de 2021 de que o programa concederá um bônus de R$ 200 aos beneficiários que conseguirem um emprego formal. 

A medida é uma espécie de incentivo à reinserção dos cidadãos no mercado de trabalho. Por outro lado, cria um conflito com as regras do programa que impedem o pagamento de benefícios aos empregados.

Quem receberá o Auxílio Brasil até as eleições? 

O cadastro foi aprovado pelo governo federal durante a expansão do Auxílio Brasil para famílias brasileiras vulneráveis ​​que se encontram na linha de extrema pobreza e pobreza e demonstra uma renda familiar per capita mensal entre R$ 105 a R$ 210. 

Há três formas de obter o Auxílio Brasil: 

  • Se você já possuía o Bolsa Família: o Auxílio Brasil será pago automaticamente; 
  • Se você está no CadÚnico, mas não recebeu o Bolsa Família: acesse a lista de reserva; 
  • Se você não estiver no CadÚnico, deverá solicitar um CRAS para cadastro, sem garantia de recebimento. 

É suma importância lembrar que a família deve ser formada por um desses componentes: 

  • filhos; 
  • Mulheres grávidas;
  • Mães que amamentam; 
  • adolescentes; 
  • Jovens entre 0 e 21 anos. 

Calendário do Auxílio Brasil em setembro

  • 19. Setembro – final NIS 1; 
  • 20. Setembro – Final NIS 2; 
  • 21. Setembro – Final NIS 3; 
  • 22. Setembro – Final NIS 4; 
  • 23. Setembro – Final NIS 5; 
  • 26. Setembro – Final NIS 6; 
  • 27. Setembro – Final NIS 7; 
  • 28. Setembro – Finais NIS 8; 
  • 29. Setembro – Final NIS 9; 
  • 30. Setembro – Finale NIS 0. 

Calendário do Auxílio Brasil em Outubro

  • 18. outubro  – Final NIS 1; 
  • 19. Outubro – Final NIS 2; 
  • 20. Outubro – Final NIS 3; 
  • 21. Outubro – Final NIS 4; 
  • 24. Outubro – Final NIS 5;
  • 25. Outubro – Final NIS 6; 
  • 26. Outubro – Final NIS 7; 
  • 27. Outubro – Final NIS 8; 
  • 28. Outubro – Final NIS 9; 
  • 31. Outubro – Final NIS 0.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Ok Ler mais